Páginas

08/02/2011

Validando o diploma nos EUA

Aqui nos EUA o processo é diferente que no Brasil. No Brasil a validação é feita por órgãos federais (as universidades), você entrega a papelada e a própria Universidade já diz se você precisa pegar alguma matéria, você pega as matérias e pronto, diploma validado.

Aqui a validação não é feita pelas universidades e sim por empresas como essa aqui. Você manda a papelada para eles, paga e eles dizem se você precisa pegar matérias ou não. Caso precise, eles mandam uma documentação e você vai na Universidade tentar pegar as matérias que faltam (e tem de pagar, claro). Tem matéria online, matéria presencial, muitas provas podem ser feitas pela net, em casa, mas sei que a carga de dever de casa é extremamente pesada nas universidades americanas. Depois da validação você precisa entrar em contato com o órgão que regula a sua profissão no estado e fazer provas e/ou pagar a taxa e pronta, já pode trabalhar (se seu visto permitir isso). Claro que esse processo pode durar 6 meses ou anos, depende de muita coisa.

Eu estava me preparando para revalidar o diploma, só esperando sair meu diploma do mestrado (porque no processo de validação você pode usar todos os diplomas de nível superior que fez no Brasil), mas conversei com uma psicóloga brasileira que mora aqui nos EUA há mais de 20 anos e ela me falou que não vale a pena a validação pra mim, o interessante seria eu entrar no doutorado (salientando que terei que refazer meu mestrado, o que eu fiz no Brasil não vale, mas o curso de doutorado aqui já é casadinho com o mestrado). Para tanto, preciso fazer duas provas o TOEFL e o GRE. A primeira é difícil e a segunda extremamente difícil (é o que todo mundo, inclusive americano me fala). Vou passar esse ano me preparando para essas duas provas, fazer aula e no final do ano, lá para outubro ou novembro, farei as provas. Outra coisa fundamental é que eu preciso de cartas de recomendação de professores americanos, ou seja, preciso fazer pesquisa com esse pessoal para poder ter uma chance por aqui, estou correndo atrás disso. Também preciso conseguir publicar em revista internacional meus artigos do mestrado para aumentar minhas chances. Mas o mais importante mesmo é que eu preciso desenvolver bem o meu inglês, afinal psicólogo da vida real fala com os clientes, familiares, precisa discutir os casos com os professores em inglês, claro. Esse é meu primeiro objetivo aqui, falar inglês científico bem. Vou me programar para fazer as provas no final do ano e tentar aplicar para minhas únicas 2 possibilidades (porque ficam relativamente perto de casa) em dezembro e quem sabe em 2012 já serei doutoranda da Universidade do Alabama...

UPDATE: quer saber mais, clica aqui

16 comentários:

  1. Lo, não leve tão em conta o que "americano fala" sobre essas provas do tipo TOEFL não.. são provas de proficiência na língua, e muitas vezes quem estuda um idioma estrangeiro tem mais condições de se dar bem numa prova dessas, pq quem é nativo não estudou tão profundamente a língua (gramaticalmente falando) quanto você. Compare ao português: os brasileiros falam o português, mas em termos de escrita são um desastre - mesmo os universitários.
    Agora, claro, a prova não é fácil. Já me preparei para o teste do Michigan, e sei que não é brincadeira.. mas o segredo é um só: muito estudo.
    E o TOEFL é bem mais tranquilo.
    Já o GRE eu não conheço..
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Filha vai dar show, vc sabe disso, mostra pra esses ianques toda sua sapiência...
    Bjs Deus te proteja.

    ResponderExcluir
  3. Ló, você é extremamente dedicada, já passou por vários perrengues pra chegar até aí, portanto não se grile! Vai tirar de letra, faça a sua parte e o resto virá por consequência! Tenha fé!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  4. Não sei se você ainda vai ler isso, mas estou querendo trabalhar nos EUA como psicanalista. Já pesquisei a instituição onde farei mestrado, tenho TOEFL, carta de indicação de professores brasileiros e cartas de recomendação pessoal americanas. Gostaria de saber se você sabe o que devo fazer para poder clinicar nos EUA, me parece que em cada estado é diferente. Obrigada, Fabiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana,
      Para clinicar como psicóloga nos EUA precisa ter o doutorado concluído aqui. Existe a possibilidade de ser counseling, que é exatamente o que o psicólogo faz, mas sem a aplicação de testes. Para tanto, precisa fazer o mestrado na área. São 3 anos.

      Excluir
  5. Em qual universidade vc estudou no brasil?
    Tem algum problema ter cursado ensino superior em Universidade Privada no brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz UFBA, mas não tem nenhum problema ter uma cursado uma universidade particular no Brasil.

      Excluir
  6. Existe um limite de idade para fazer residencia nos EUA? estou no segundo ano de medicina mas já tenho 28 anos, terminarei aos 32.
    Isso pode ser um impedimento tendo em vista que geralmente as pessoas nessa idade já estão terminando?

    A residencia é paga ou remunerada como no brasil?

    Um grande abraço e obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já respondi essas questões. Dá uma olhada nos post sobre o tema, basta pesquisar nos marcadores "residência médica nos EUA". O post sobre o salário está nas postagens mais populares aí do lado e sobre a idade, escrevi uma série de perguntas e respostas sobre a residência recentemente.

      Excluir
  7. Me desculpa, realmente me precipitei! Li os posts sobre salario e idade que me esclareceu as duvidas.

    Um grande abraço e muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oxe, não precisa se desculpar, não, eu sei que tem muita informação e muita decisão para ser tomada. Vai lendo as coisas e se tiver mais dúvidas, pode entrar em contato.

      Excluir
    2. Ps: fui reler a minha resposta acima e dependendo da inflexão que você dá pode parecer grosseria, mas não foi essa a minha ideia, de forma alguma!

      Excluir
  8. Bom dia,

    Para validar o diploma de engenharia nos EUA é muito complicado?

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não tenho essa informação

      Excluir
  9. Oi Lorna, tudo bom?
    Eu sou formada em Psicologia pela UnB (dupla habilitação). Para trabalhar nessa área nos Estados Unidos então o ideal seria fazer esse doutorado/mestrado? Não precisaria do WES?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, precisa fazer o doutorado para ser psicólogo. O mestrado te possibilita outros títulos, mas o trabalho é o mesmo que os psicólogos fazem no Brasil. Precisa da WES (ou outra empresa, dependendo da universidade) para fazer a tradução do que você já estudou

      Excluir

O que você acha disso?